28 de mai de 2016

Como deve ser a relação entre líderes e liderados ?

  2 Reis 6:1-7 E disseram os filhos dos profetas a Eliseu: Eis que o lugar em que habitamos diante da tua face, nos é estreito.
Vamos, pois, até ao Jordão e tomemos de lá, cada um de nós, uma viga, e façamos-nos ali um lugar para habitar. E disse ele: Ide.
E disse um: Serve-te de ires com os teus servos. E disse: Eu irei.
E foi com eles; e, chegando eles ao Jordão, cortaram madeira.
E sucedeu que, derrubando um deles uma viga, o ferro caiu na água; e clamou, e disse: Ai, meu senhor! ele era emprestado.
E disse o homem de Deus: Onde caiu? E mostrando-lhe ele o lugar, cortou um pau, e o lançou ali, e fez flutuar o ferro.
E disse: Levanta-o. Então ele estendeu a sua mão e o tomou.
   Havia um grupo de aprendizes de profetas na casa de Elias, este grupo depois do "arrebatamento" de Elias, foi liderado por Eliseu. Um certo dia, estes aprendizes entenderam que o local em que habitavam era pequeno, ou seja, não havia espaço suficiente era preciso tomar uma atitude, e um deles disse a Eliseu: Eis que o lugar em que habitamos em tua face , nos é estreito. Com esta atitude eu percebo que os aprendizes tinham com eles, uma visão de crescimento, eles não se acomodavam com a situação em que eles estavam vivendo, dando eles uma grande lição para muita gente. A bíblia nos ensina a permanecer nas coisas humildes. Sede unânimes entre vós; não ambicioneis coisas altas, mas acomodai-vos às humildes; não sejais sábios em vós mesmos Romanos 12:16, muitos se apoiam neste versículo para viver uma vida cheia de acomodações, mas é preciso fazer uma boa hermenêutica e ter uma boa exegese para não confundir as coisas, sabendo fazer uma separação dos fatos. Quando se refere a assuntos espirituais aí não há espaço para empregar a palavra "acomodar", ou nenhum verbo variante, pelo contrário quando se refere de assuntos espirituais a bíblia nos ensina assim em Efésios 5:18 E não vos embriagueis com vinho, em que há contenda, mas enchei-vos do Espírito; ainda em 1°Tessalonicenses 5:19 diz: Não extingais o Espírito; ainda em 1ºTessalonicenses 5:17 diz: Orai sem cessar; em Lucas 2:49b diz: ficai, porém, na cidade de Jerusalém, até que do alto sejais revestidos de poder; em Isaías 55:6 diz: Buscai ao Senhor enquanto se pode achar,
invocai-o enquanto está perto;
    Estes aprendizes entedia muito bem quando o assunto se referia ao reino de Deus, pois ao contrária da minoria ( prefiro acreditar que realmente seja a minoria ) eles tinham estes pensamentos de "crescer", se o lugar em habitavam era pequeno, logo eles tinham o desejo de aumentá-lo, portanto fica o meu conselho não se acomode, não estacione em sua vida, não estacione em sua carreira profissional, não estacione em sua carreira ministerial, mas lembre-se caminhe sempre sob à direção de Deu, para que desta forma você tenha êxito em vossas realizações.Observe que vindo o desejo de crescer veio também o desejo de trabalhar, porque os aprendizes bem sabiam que não ia adiantar ficar somente nos projetos, eles precisavam arregaçar as mangas e realizar as obras a qual estavam proposta, outra coisa interessante que vejo nesta história é o fato de em momento algum nós vimos os aprendizes tomar qualquer tipo de decisão sem primeiro consultar vosso líder, isto por sinal é muito importante, lembre-se que para que você possa conseguir algo não é necessário passar por cima de ninguém, nem muito menos puxar o tapete de ninguém, devemos sempre respeitar e honrar nosso líder, vejam o que está escrito em Hebreus 12:17 Obedecei a vossos pastores, e sujeitai-vos a eles; porque velam por vossas almas, como aqueles que hão de dar conta delas; para que o façam com alegria e não gemendo, porque isso não vos seria útil. Em outras traduções esta palavra "pastores", está traduzida por líderes, ou seja, este versículo se emprega a todos os líderes.
   Outra coisa interessante foi a atitude de Eliseu ( o líder ) , ao contrário de muitos líderes que se sentem ameaçados quando uma grande ideia não parte dele, e sim de seus liderados, mas contudo Eliseu aprovou a ideia  e disse: Ide. Ele poderia ter aprovado mas ter colocado algumas condições, mas não foi o caso e deu total liberdade para que aquela obra fosse executada, o aval de Eliseu foi muito importante, na minha opinião foi uma das coisas determinantes para acontecer um grande milagre. Encontro mais uma coisa interessante, os aprendizes estavam com "a faca e o queijo na mão", eles tinham o aval de Eliseu, tinha eles total liberdade para realizar a obra proposta, mas um deles vai até Eliseu e pede sua presença, e é esta união que permite êxito na obra a ser realizada, e este pensamento meu esta baseado no livro de Salmos 133:1 Oh! quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união. Outro ponto importante nesta união é a continuação da história, caso não houvesse esta união, esta passagem bíblica terminaria assim: E sucedeu que, derrubando um deles uma viga, o ferro caiu na água; e não tendo a quem recorrer, nem ferramentas suficientes para trabalhar, não puderam assim terminar a obra a qual começaram, mas a união mudou a história, pode acreditar,  a união muda a história, tem mudado a história e continuará mudando; ela não somente mudou mas abriu as portas para o milagre, pois clamou o moço:  Ai, meu senhor! ele era emprestado. Isto levando para o lado espiritual, nos leva a outra lição desta passagem bíblica, isto comprova que as "ferramentas", ou seja, dons espirituais a qual a igreja possui são emprestado, e por ser emprestado o cuidado deve ser maior, pois tudo o que é emprestado um dia teremos que prestar conta, e não haverá nada a qual poderemos dizer para justificar algum dano ou perda do objeto ou valor a qual nos foi confiado, este era o caso de um dos aprendizes, ele não sabia o que fazer, simplesmente ele clamou ao seu senhor, e com isto nós podemos aprender que se algum dia na caminhada da vida perdemos alguma coisa e não saber como reagir , basta clamar à Deus que Deus sabe exatamente o que fazer, mas algumas atitudes precisa ser tomadas no caso do aprendiz ele precisou ter: comunhão com Eliseu, depois ele precisou clamar por socorro, depois ele precisou revelar onde caiu, depois ele precisou estender a mão, e pegar com suas próprias mãos o milagre de Deus.
      Quantas bençãos Deus tem para derramar sobre nossas vidas, mas saiba de uma coisa para alcançar as bençãos de Deus é preciso muitas das vezes, fazer como este aprendiz fez quando esteve em apuros. Por isso vamos recapitular: primeiro ele precisou ter comunhão com Eliseu, e nós precisamos ter comunhão com o nosso Deus, pois tendo comunhão com Deus nós não vacilaremos  em meio das dificuldades que enfrentaremos e saberemos que Deus nunca vai nos desampará e sempre estará em prontidão quando nós clamarmos por socorro, pois o clamor no momento de desespero é o segundo passo para se alcançar as bençãos vindo da parte de Deus, pois em Jeremias 33:3 está escrito: Clama a mim, e responder-te-ei, e anunciar-te-ei coisas grandes e firmes que não sabes. O terceiro passo é o arrependimento e a confissão, depois é só estender a mão para pegar o milagre vindo da parte de Deus. Claro isto não é um padrão pois Deus tem várias formas e maneiras para realizar um milagre em nossa vida, e Deus não está condicionado a nenhuma regra, mas este exemplo de aprendizes serve de modelo, que cada de nós possa seguir este modelo, e muitos outros modelos que homens e mulheres de Deus seguem, sempre confiando em Jesus e em suas palavras.