28 de out de 2014

"EU QUERIA MUITO DEIXAR ESTA PALAVRA DE LADO, MAS NÃO POSSO, NÃO CONSIGO, NÃO TEM SUBSTITUIÇÃO!"


 
Mesmo com tantos argumentos, muitos deles infundados e meramente frutos de pensamentos isolados e imaturos, deixar a Bíblia de lado é:
Arrancar , neutralizar, ignorar as bases da sociedade que vieram sendo transmitidas de geração a geração;
    Se pregar o amor ao próximo é errado, então não sei onde vamos parar com tanto ódio;
Pregar a bondade, a fé, a temperança, a alegria, o amor incomoda, então não sei que ingredientes seriam aplausíveis para acrescentar a nossa vida em sociedade;
Se respeitar, honrar o pai e a mãe está em desuso, o que esperar do amadurecimento da nossa infância;
    Corrigir não pode, mas olhar e contemplar no tempo filhos sem respeito a si próprio, a vida humana, é o mesmo que definhar o sentimento de um pai e uma mãe que esperavam filhos conhecendo que a vida tem seus limites e desrespeitá-los significa muitas vezes morte;
    Traição, mentira, ganância já se tornaram adjetivos na sociedade, logo o que esperar do futuro das pessoas;
    Se seguir o coração é a frase do momento, o guia de uma vida, por que será que os homens não conseguem mais tirar bons tesouros do se interior?;
    Uma mente com pensamentos puros chega a tornar-se vergonhoso, daí a maldade, a falta de pudor ganha seus lugares nas mesas de jantar, nas conversas com os amigos, na sala com crianças sentadas, sem ao menos tiverem a oportunidade de desfrutar da inocência;
     Se o desejo de resgatar a dignidade humana levou um Deus entregar seu único filho pra morrer em uma cruz e nos salvar é balela, que sentimento mais nobre poderia substituir este?;
    Várias civilizações no mundo com suas palavras de sabedoria demoraram anos para chegar a uma conclusão da qual a Bíblia já ensinavam, daí por que desprezá-la?;
    Se buscar a comunhão com Deus e sua vontade é coisa de circo, desmoralizar a vida humana leva alguma seriedade para se ter paz?;
    Repartir com quem não tem se tornou pecado?;
    Contrariar as leis naturais para a vida humana não tem preço?;
   Se criticar as ofertas e dízimo é válido, administrar os 90% é arte para poucos;
   Dizer que servem a deuses que não deixaram nada para a instrução humana, apenas são ouvintes, não tem impacto nenhum;
   Eu sei que muitos (por sermos imperfeitos) tem errado e escandalizado a Palavra de Deus. 
   Eu sei que muitos vendem (e falo com muito pesar) a Palavra de Deus e, na verdade, nem sequer importa para a vida espiritual das pessoas.
   Eu sei que a falta de conhecer a Bíblia leva as pessoas a errarem e, por terem tido uma experiência ruim quando buscaram isto, as deixou mais distantes das transformações que ela pode fazer na vida de uma homem.
Porém, independente dos erros humanos, a Palavra de Deus não muda e nem se corrompe no tempo. 
   Os propósitos de Deus para o homem não o diminui, mas demonstram como é grande sua misericórdia.
   O Deus que conheço é vivo e fala com o ser humano e mostra-lhe o caminho e não fica simplesmente parado diante das atitudes que tem massacrado a sua vida. 
   É muito fácil dizer que aqueles que creem na Palavra de Deus fazem lavagem cerebral, quando na verdade quem convence o homem de seus pecados é o Espírito Santo. 
    A salvação não é mérito humano, mas divino, por isso muitos nunca irão entender.
   E se o homem pode fazer a tal lavagem cerebral, por que não usar este poder para sanar os problemas da sociedade sem a ajuda da Palavra de Deus?
  Fica aqui minhas considerações para sua reflexão!