8 de abr de 2016

Alguns grupos que negam a existência de Deus

 
Há muitos grupos que negam a existência de um Deus, enquanto a várias nações que reverenciam diversos deuses, embora não existe diversos deuses, mas um único e verdadeiro Deus, distintos em três pessoas Pai. Filho e Espírito Santo. Há um grande número de pessoas que se encaixam em um dos grupos que iremos citar, ou até mesmo em dois ou mais grupos, que negam a existência de Deus:






  • Ateus - Os ateus são o mais conhecido grupo que negam a existência de Deus, mas eles não são os únicos grupos. Os ateus não acreditam na existência de qualquer divindade, ele é muito diferente de alguns outros grupos que até acreditam de alguma forma na existência de um Deus, mas a maioria das vezes de uma forma equivocada e contrária a bíblia. Talvez você venha perguntar no que acredita um ateu. O ateu acredita que Deus não existe. Há dois tipos de ateus os teóricos ( que negam a existência de Deus com palavras, livros e filosofias) e os práticos ( que vivem como de fato Deus não existisse ).
  • Deísta - É a crença em uma divindade que fez o mundo e tudo que nele há , mas deixou que sua criação fosse regida pelas leis naturais, sem sua interferência. Eles até acreditam em um Deus mais não encaram as coisas sobrenaturais de Deus, não acreditam em milagres, e não confessam um credo religioso.O Deísmo pretende enfrentar a questão da existência de Deus, através da razão.Quanto a questões metafísicas, como a existência ou não de vida após a morte, cada deísta é livre para formar a sua opinião sobre isso. Podem crer, ou podem ser incertos sobre isso, achando que não dá para saber ou que ainda não foram encontradas provas que comprovassem ou desmentissem essa ideia. Um deísta pode ter opiniões bem diferentes de outras pessoas que acreditam em Deus, como achar que Deus não faz questão de ter o seu nome escrito com inicial maiúscula, acreditar que ele não quer ser adorado, acreditar que ele nem mesmo sabe que nós existimos, e etc.Os deístas em geral consideram que Anjos e Demônios são apenas fraquezas da mente humana que podem ser vencidas pelo raciocínio lógico,ou seja, deístas não tem religião, e acreditam em um criador não interferente (ou não mais interferente).
  • Panteísta - É a doutrina que afirma a identidade substancial de Deus e do universo. Para os panteístas Deus não é transcendente ao universo e dele não se distingue nem se separa,ou seja, Deus é o universo e o universo é Deus.De entre as doutrinas ocidentais, o panteísmo é uma das que mais se aproximam das filosofias orientais como o budismo, o jainismo, o taoismo e o confucionismo. É também a linha filosófica que mais se aproxima da filosofia hermética do antigo Egito, onde o principal objetivo é fazer parte da conspiração Universal (ou conspiração Cósmica).
  • Politeísta - Afirma que existe vários deuses e deusas, as vezes nega a existência de uma divindade absoluta com ensina a bíblia.Alguns panteões politeístas históricos bem conhecidos incluem os deuses sumérios e os deuses egípcios, e o panteão dito clássico, que inclui a religião na Grécia Antiga, e a religião romana. Religiões politeístas pós-clássica incluem o Æsir nórdico e Vanir, o Orixá iorubá, os deuses astecas, e muitos outros. Hoje, a maioria das religiões politeístas históricas são pejorativamente chamadas de "mitologia", embora as histórias que as culturas contam sobre seus deuses devem ser diferenciadas de seu culto ou da prática religiosa.
  • Agnósticos - O agnóstico não nega a existência de Deus, mas sim possibilidade do conhecimento de Deus. É o sistema que ensina que não sabemos, nem podemos saber, se Deus existe ou não. Seus simpatizantes dizem acreditar unicamente no que se pode ver e tocar.
   Existe outros grupos que negam de alguma forma a existência de Deus, contudo estes são os principais deles, é muito importante conhecê-lo para compreender qual linha de pensamentos eles tem. Não aconselho ninguém a travar duelos e debates com nenhum destes grupos, primeiro Deus não precisa de defesa ele precisa ser crido, e para crer é necessário de fé. Segundo porque a palavra de Deus nos orienta, em Tito 3.9 Mas não entres em questões loucas, genealogias e contendas, e nos debates acerca da lei; porque são coisas inúteis e vãs.10 Ao homem herege, depois de uma e outra admoestação, evita-o,11 Sabendo que esse tal está pervertido, e peca, estando já em si mesmo condenado.