13 de abr de 2016

Mantendo as aparências: Quem sou eu ?

   O que é mais fácil sustentar: uma mentira ou uma verdade? Onde você terá que se esforçar mais? Para levar uma vida de mentira ou ser realmente quem você é?
Todos se preocupam com o que as outras pessoas irão pensar ao seu respeito. Ninguém quer ficar "mal na fita". Ou melhor, parece ser um fardo ser visto como "o do contra" quando se diz a verdade!
Aparentemente é mais fácil se adequar o tempo todo a situação do que analisar os fatos. É evidente que os tempos mudam, que a sociedade vem se transformando a cada geração que passa, que a tecnologia influencia na maneira de viver das pessoas e que, se não houver adaptação, nos tornaremos "pessoas obsoletas". Mas em que ponto o caráter entra em cena nessa mudança? Vivemos a época do vale tudo? Tudo para ser aceito, tudo para fazer parte de uma determinada classe social, tudo para não ser contrariado, tudo para sustentar um relacionamento, tudo para se ter uma amizade, tudo para entrar na "roda de conversa"?
Falando em "ser" ou "não ser", cabe aqui relembrar algumas virtudes (conformidade com o Bem, com a excelência moral ou de conduta etc.; dignidade) relevantes para serem cultivadas diariamente: 

  • Verdade "Por isso, deixando a mentira, fale cada um a verdade com seu próximo..." (Efésios 4.25 ARC¹). " A mentira tem vida curta, mas a verdade vive para sempre." (Provérbio 12.19 NTLH²). As pessoas mentem com uma facilidade, de sorte que, a verdade já não é a base em seus relacionamentos, pois esta implica em enfrentar os desafios no seu mais puro sentido, arcar com as consequências, admitir os erros. Aparentemente, falar a verdade em todos os momentos parece ser um fardo muito pesado de carregar. Este pode ser um dos inúmeros motivos de decepções no relacionamentos interpessoais, amorosos, etc. Ninguém quer ouvir mentira, mas será estamos dispostos para sempre ouvirmos a verdade. Mais uma vez, Jesus nos ensinou sobre a questão da verdade prevalecer. Ele mesmo se auto-afirmou sendo a verdade que nos conduz a Deus. As pessoas se incomodavam, tentava-no, porém a verdade sempre era logo lhes apresentada. A mentira encobre a transparência da vida, não nos permite conhecermos uns aos outros mais a fundo. Traz decepção, calúnia, desastres, guerras, intolerâncias e toda sorte de coisas ruins que, logo se anunciam ou virá à tona em momento inesperado. Pratique a verdade! Seja quem você é! É melhor arcar com seus defeitos, temores, do que deixar-se ser seduzido por uma vida de enganos que não poderás conduzi-la por muito tempo e irá causar confusão em sua personalidade!   
  •  Humildade. Ser humilde é reconhecer suas próprias limitações e condições, é ser simples, desprovido de arrogância, exaltação de si mesmo. Vejamos: A humildade atrai até mesmo os olhos do Senhor: "Tu estás lá nas alturas, mas assim mesmo te interessas pelos humildes, e os orgulhosos não podem se esconder de ti." (Salmos 138.6 TNLH). " Porém a bondade que Deus mostra é ainda mais forte, pois as Escrituras Sagradas dizem: “Deus é contra os orgulhosos, mas é bondoso com os humildes.” (Tiago 4.6 TNLH) A falta de humildade irrita qualquer ser humano, pois a soberba afronta qualquer paciência que podemos dispensar a outra pessoa. A conversa não flui, os ânimos são rapidamente estimulados ao ataque, tudo isso porque um dos níveis da conversa se elevou de tal forma que colocou em risco toda condição amigável. A Bíblia ainda diz que a humildade precede a honra, ou seja, a pessoa soberba não prevalece por muito tempo. 
Poderíamos discorrer sobre outras virtudes que vamos deixando, quando nos misturamos com a ilusão de que, a vida nos permite driblar alguns conselhos eternos de conduta para com o próximo. Porém, o que se percebe atualmente é o descompromisso com a transparência, que nada mais é do que expor a verdade sem qualquer repúdio, e falta de humildade em admitir cada um seus erros. Melhor ainda do que admití-los é tomar as devidas providências para que nossos relacionamentos não se afundem cada vez mais no mar da arrogância. 


Mais um vez disse Jesus: "Aprendei de mim que sou manso e humilde de coração" (Mateus 11.28 ARC). Queremos aprender como ser eloquentes, como ser mais ricos, como ser vencedores na vida, como ter fama, mas passamos por vários princípios que podem nos conduzir melhor e fornecer alicerce para uma vida tranquila mentalmente, sem que soframos acusações nas caladas da noite. Ou pior ainda, todo dia ter que matar um leão para sobreviver às mentiras que nos cercam diariamente. 
Sejamos verdadeiros e humildes sempre, ainda que custe um alto preço do perdão, do amor, da dignidade!

¹Bíblia na tradução Almeida Revista e Corrigida
²Bíblia na tradução Linguagem de Hoje