O vento e a erva - Isaías 40:7

Wilma Rejane


Seca-se a erva, caem as flores, soprando nelas o hálito do Senhor. Na verdade, o povo é erva. Seca-se a erva, e cai a sua flor, mas a palavra de nosso Deus permanece para sempre. Isaías 40: 7-8 e I Pedro 1:24,25.

A Vida é breve, como as frágeis flores que cobrem algumas planícies da Palestina. Desabrocham, exalam perfume, beleza, mas quando o vento sopra sobre elas, em questão de segundos se despedaçam e se vão para nunca mais voltar. Em contraste com essa finitude, está a Palavra de Deus, que permanece para sempre. Ela é como o ar, o vento que mantem viva todas as espécies de seres planetários, é o hálito que sopra nas ervas.
E esse hálito, pode ser entendido como: liberdade, juízo, julgamento. João 3:8 diz: "O vento sopra onde quer; ouves-lhe o ruído, mas não sabes de onde vem, nem para onde vai. Assim acontece com aquele que nasceu do Espírito."
João compara o novo nascimento a ação do Espírito Santo, um vento soprando, nas ervas, nos homens.

Coisas vão e vêm,…

Plena Paz

Plena paz e santo gozo,
Tenho em ti, ó meu Jesus!Pois eu cri em Tua morte sobre a cruz;
No Senhor só confiando
Neste mundo viverei,
Entoando aleluias ao meu Rei!

Oh! glória ao meu Jesus!
Pois é digno de louvor;
É meu Rei, meu bom Pastor,
E meu Senhor.
Como os anjos, que O louvam,
Eu também O louvarei,
Entoando aleluias ao meu Rei!

O amor de Jesus Cristo
É mui grande para mim,
Pois Sua graça me encheu de amor sem fim.
Meu Jesus foi para a glória,
Mas um dia eu O verei,
Entoando aleluias ao meu Rei!

Este mundo não deseja
Tão bondoso Salvador,
Não sabendo agradecer Seu grande amor.
Eu, porém, estou gozando
Do favor da Sua lei,
Entoando aleluias ao meu Rei!

Quando o povo israelita
Com Jesus se concertar,
Dando glória ao Seu nome, sem cessar.
Nesse tempo, céu e terra
Hão de ser a mesma grei,
Entoando aleluias ao meu Rei!