O vento e a erva - Isaías 40:7

Wilma Rejane


Seca-se a erva, caem as flores, soprando nelas o hálito do Senhor. Na verdade, o povo é erva. Seca-se a erva, e cai a sua flor, mas a palavra de nosso Deus permanece para sempre. Isaías 40: 7-8 e I Pedro 1:24,25.

A Vida é breve, como as frágeis flores que cobrem algumas planícies da Palestina. Desabrocham, exalam perfume, beleza, mas quando o vento sopra sobre elas, em questão de segundos se despedaçam e se vão para nunca mais voltar. Em contraste com essa finitude, está a Palavra de Deus, que permanece para sempre. Ela é como o ar, o vento que mantem viva todas as espécies de seres planetários, é o hálito que sopra nas ervas.
E esse hálito, pode ser entendido como: liberdade, juízo, julgamento. João 3:8 diz: "O vento sopra onde quer; ouves-lhe o ruído, mas não sabes de onde vem, nem para onde vai. Assim acontece com aquele que nasceu do Espírito."
João compara o novo nascimento a ação do Espírito Santo, um vento soprando, nas ervas, nos homens.

Coisas vão e vêm,…

Você sabe o que é Reino dos céus?


   O Reino de Deus é um conceito fundamental nas três principais religiões abraâmicas existentes: o Judaísmo, o Islamismo e, mais notavelmente, o Cristianismo. Nesta última religião monoteísta, o Reino de Deus constitui o tema principal pregado por Jesus.

   No Judaísmo O Reino de Deus é frequentemente referido no Tanakh.[1] Este conceito está muito ligado à crença judaica de que Javé (Deus) iria restaurar a nação de Israel. Aliás, o Reino de Deus foi prometido por Javé ao Rei David de Israel.[2]

   No Cristianismo entre os teólogos cristãos existem conceitos divergentes mas não incompatíveis quanto ao que é concretamente o Reino de Deus

     Apesar de muitos falarem de Reino dos Céus, este é um dos mais incompreendidos tema bíblicos.A expressão Reino dos Céus tem o mesmo significado de Reino de Deus, este nome é muito usado por Mateus, em seu evangelho, pois ele direcionava seus escritos para um público judeu, sendo Deus um nome impronúnciavel para os judeus, Mateus usa então o termo Reino dos Céus, que por sinal aparece este termo aparece mais de trinta vezes em seus escritos.   O Reino dos Céus foi anunciado por João batista, pelos apóstolos e também por Jesus. Hoje na atualidade os responsáveis de transmitir as mensagens do Reino dos Céus é da igreja, mas afinal de contas o que é Reino dos Céus? Não é comida, nem bebida, contudo dá-se a ideia de um governo teocrático estabelecido na Terra, algo parecido com o milênio,mas com a diferença de ser eterno, como o nome já sugere, um período de 1.000 anos.  

  É bem verdade que o Reino dos Céus já está entre nós, Jesus em seu ministério realizou muitos sinais, por diversas vezes Jesus curou enfermidades, trouxe alegria no lar e na família, libertou muitas almas da opressão, desta forma Jesus simplificou o significado de Reino dos Céus, então podemos afirmar que no Reino dos Céus, não haverá espaço para doenças, não haverá espaço para tristeza, não haverá espaço para a morte, não haverá espaço para angústia, enfim isto é Reino dos Céus.   Você deseja viver o Reino dos Céus? Comece praticando o amor, pois somente o amor nos habilita a vivê-lo. Acredite você pode fazer acontecer o Reino dos Céus para muita gente, é só deixar o amor de Deus entrar em vosso coração, e o através de sua vida o Reino dos Céus vai acontecer naturalmente. Viva hoje mesmo o Reino dos Céus, e espalhe para todos esta maravilha.