Ansiedade

Por Ronilda David Loubah Sofia    



(...)Quando bate ansiedade, muita das vezes algumas pessoas
tentam preencher o estado de inquietude de alguma forma,
um comem demais, outros perdem a fome, outros perdem o sono,
outros até começam a usar algumas drogas ,tais como cigarro,
álcool e etc..."

É isso mesmo...

O ser humano aprisionado pela ansiedade não tem vida própria
vive de acordo os "níveis da doença,alias uma doença que aleija
psicologicamente o ser humano e deforma completamente
sua personalidade,dado que a lucidez fica muito em baixa e suas
percepções até mesmo de tempo e espaço não são confiáveis.

Para mim as doenças mentais e emocionais,são piores que as físicas,
pois as físicas todos veem,tem ali a frente a prova palpável.

Já a doença do cérebro e do espírito são invisíveis, apenas percebemos
o modo de agir de quem as sofre e geralmente poucas pessoas levam a sério,
que sofre é o portador dos preconceitos,da má interpretação.

Tenho muita pena de quem sofre dessa síndrome compulsiva,já vi muitos
casos de vidas completamente destruídas por causa disso.

É nessa hora que deveria ser aplicada a misericórdia, a longaminidade
e sobretudo o amor real e puro como deveria ser.

Em uma babel materialista a qual somos forçados a viver como esta
falar de possessão seria até um tema para deboches,mas eu sinceramente
creio na existência do invisível do bem e do mal e que são capazes de fazer-nos.


Uma bênção de partilha,minhas saudações!


Serás bem vindo em nosso Refúgio.