887' type='text/javascript'/

17 de jan de 2017

Me ajuda, estou presa!

Aconteceu. Mesmo! Fatos reais em igrejas reais

Aconteceu em Marietta, Georgia, Estados Unidos.
Uma conhecida preletora estava ministrando na igreja.     Nos meses de inverno,  com temperaturas proximas a zero grau celsius, o aquecimento era acionado. Era  padrão naquela região o ar quente vir por uma tubulação  metálica instalada do piso. O ar aquecido  era expelido de baixo para cima. Um termostato  na parede controlava a temperatura.  Para cobrir tal  saída do ar, havia  grades de metal, que  podiam ser fechadas ou mudar a direção do vapor.
A preletora no meio da pregação,  recebeu do Espirito Santo uma mensagem que deveria ser entregue a um dos obreiros que estava sentado  na área do púlpito.   Entregue  a mensagem,  quando foi retornar ao microfone, percebeu que não podia caminhar. Algo prendia seu pé.
O salto alto  de seu sapato entrou no vão da grade e ficou preso.  Discretamente  chamou a esposa do pastor e confidenciou:
- Estou presa, me ajude, disse apontando para o chão.  
A esposa do pastor  abaixou para tentar soltá-la.  Demorou aproximadamente  três minutos até que  o salto saiu da prisão temporária e tudo foi resolvido com  discrição. Apenas quem estava no púlpito percebeu o acidente.