887' type='text/javascript'/

26 de fev de 2017

A Obra Perfeita

Por: 

Nunca me canso de admirar o céu, seja noite ou dia. Quão bom é saber que Deus fez tudo tão perfeito! Ninguém jamais vai poder reclamar: “O sol não se pôs hoje”, “teve um probleminha no sistema de rotação da terra” ou “caiu um pedaço da lua na terra”! Já pensou?
É bem verdade que por causa da imprudência humana em cuidar do planeta o desequilíbrio ambiental tem gerado fatores devastadores: Extinções de espécies, aquecimento global, poluição em altos índices e estas coisas todas que ouvimos nos noticiários e presenciamos em nossa cidade.

Porém, - dou graças por poder usar esta palavra provocando mudança de cenário – Deus não nos deixa sucumbir renovando todas as coisas a cada manhã.

A criação é tão perfeita que nenhuma ciência – por mais avançada – consegue imitar, por exemplo o homem. Se alguém (por uma fatalidade) perde alguma parte do corpo jamais encontra outra igual. Mesmo nos transplantes em que a compatibilidade é comprovada exige-se uso de medicação contínua para evitar rejeição. Não existe comércio de: olho, nariz, orelha, pé (que sinistro!). Somos únicos e não existe uma cópia de nós em nenhum outro lugar do planeta. Só Deus sabe direitinho como funciona tudo em nós. O médico Augusto Cury, escreveu em um de seus livros: “O ser humano é mais complexo que todo o universo”. Como médico psiquiatra ele sabe muito bem a dificuldade que é desvendar a mente. Mas, (graças a Deus por este mas) Deus conhece toda a mente e suas bifurcações.

Louvemos a Deus pela sua magnitude, por tudo que somos e que temos.



“ Ó Senhor, quão variadas são as tuas obras! Todas as coisas fizeste com sabedoria; cheia está a terra das tuas riquezas”. (Sl. 104:24)