11 de fev de 2017

O amor vence o preconceito


    Quão grande, lindo e profundo é o amor de Deus. Sem qualquer preconceito quanto a receber a qualquer que o busque. Ele não faz de fato qualquer acepção ou distinção de pessoas. E isto Jesus revelou de forma grandiosa em Seu ministério terreno recebendo, abençoando, salvando pessoas de toda condição: os dominadores romanos que os judeus odiavam; prostitutas, ladrões, publicanos, sicários, desprezados pela sociedade; ricos e pobres; sábios e ignorantes; chegando inclusive a ser chamado pelos próprios fariseus de amigo dos pecadores. 
  O Novo Testamento está repleto de histórias que revelam a superação do preconceito
pelo evangelho. A norma bíblica é paz com todos os homens. O evangelho é o maior
 promotor da paz mundial. Abre o coração dos cristãos para amarem e buscarem o
bem de todos, para além das fronteiras nacionais. O próprio apóstolo Pedro aprendeu
 esta lição, na visão que lhe foi dada do lençol com animais, que a religião de Israel
 considerava impuros. Ele teria que entrar na casa de um centurião romano, o que
era vedado pela Lei de Moisés. Teria que vencer o preconceito religioso e nacionalista
que ainda nele existisse, para que pudesse servir ao evangelho de Cristo. Ele superou
 seus preconceitos, pela graça divina, e se tornou um instrumento de bênção para todo
 o mundo. Bem-aventurados são portanto todos aqueles que seguem o exemplo de
 Cristo e dos apóstolos, porque é somente deste modo, que se pode agradar a Deus.

Sobre o Autor

Silvio Dutra
Silvio Dutra
Servo de Deus, que tendo sido curado, pela graça de Jesus, de um infarto
do miocárdio e de um câncer intestinal, tem se dedicado também a divulgar
 todo o material que produziu ao longo dos 35 anos do seu ministério, que sempre realizou para a exclusiva glória de Deus, sem qualquer interesse comercial ou financeiro

FONTE: Artigos.com