Cristianismo como religião comunitária


   O cristianismo é uma religião que tem a capacidade de agregar diversas pessoas, sem a distinção de quaisquer tribo, língua, povo ou nação ( Apocalipse 7.9  Depois destas coisas olhei, e eis aqui uma multidão, a qual ninguém podia contar, de todas as nações, e tribos, e povos, e línguas, que estavam diante do trono, e perante o Cordeiro, trajando vestes brancas e com palmas nas suas mãos) rico ou pobre, alto ou baixo, gordo ou magro.
   O cristianismo tem como sua característica principal de unir pessoas e valorizar a comunhão. É totalmente diferente as relações entre os cristãos, pois no cristianismo todos vivem como verdadeiros cristãos, e, sem sombras de dúvidas são uma grande família, unida em prol do bem estar de seus membros. Vivem em contínua orações uns pelos outros, e procuram fazer sempre o bem, sem querer tirar proveito ou vantagem alguma. Uma grande prova disto está registrado em Atos 2:42-46 E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações.
E em toda a alma havia temor, e muitas maravilhas e sinais se faziam pelos apóstolos.
E todos os que criam estavam juntos, e tinham tudo em comum.
E vendiam suas propriedades e bens, e repartiam com todos, segundo cada um havia de mister.
E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração.

   Tudo o que aconteceu na igreja primitiva, hoje no século 21 vem acontecendo da mesma maneira, porém com baixa divulgação do que deveria, Hoje a igreja é a maior ferramenta de Deus para recuperar pessoas, e não importa qual seja seu problema, seja problema com drogas, seja problema conjugal, seja social ou econômico, não importa sem sombra de dúvidas a igreja é uma verdadeira máquina de recuperação de pessoas e índoles. Tudo é possível para a igreja, quando vossos membros se conservar em união. A união entre as pessoas pode sim fazer grandes milagres, e até mesmo mudar o mundo.