887' type='text/javascript'/

12 de jul de 2017

CBR - Convenção Batista RENOVADA



    Nossa História


              Tudo começou com o mover do Espírito Santo sobre um pequeno grupo de uma Congregação Batista no interior da cidade de   Petrópolis - RJ. Este mover teve seu ponto mais alto no ano de 1984, quando não foi mais possível compartilhar com a Convenção Batista Brasileira as realidades dos dons espirituais e o Poder do Espírito Santo.
              No dia 16 de dezembro de 1984 foram 27 pessoas desligadas da Igreja Batista Brasileira por motivos Doutrinários (abertura Pentecostal). O diácono Roberto Damas Cardoso e sua esposa Joventina Rosa Satyro eram os responsáveis pela Congregação, e ficaram sem local onde reunir.
              Após o aconselhamento de alguns Pastores renovados, decidiram se filiar à Igreja Batista Monte Hermon, que tem sede em Teresópolis-RJ. Assim permaneceram durante o ano de 1985. Em 1986, rogando ao Senhor que enviasse o nosso Pastor, Ele nos fez saber que eles já estavam entre nós e não estávamos vendo.
              Foi então que começamos a orar nesse sentido, que Deus os manifestasse. O Senhor então aponta a José Carlos Cardoso e Carlos dos Santos Morelli. Até então estes homens eram muito tímidos no Evangelho. Ambos tinham transportadoras avícolas, e assim uma vida abastada financeiramente. Porém, depois de serem identificados pelo Senhor como Líderes da Obra, deixaram tudo, pelo Ministério.
              Rapidamente entraram em um Seminário Teológico, a fim de ampliarem seus conhecimentos Pastorais, e o resto foi com o Senhor. Apesar das influências extremistas que sofremos nos dois primeiros anos, com o conhecimento da Palavra conseguimos manter uma Igreja equilibrada (caráter e carisma), e em pleno crescimento.
              Em quatro de Maio de 1986, formou-se o Concílio com o qual ordenou-se ao Ministério Pastoral José Carlos Cardoso e Carlos dos Santos Morelli.
              Este Concílio foi formado pelos seguintes Pastores: Célio de Lima Medeiros ( Igreja na Obra de Restauração em Corrêas - Petrópolis - RJ), Manoel de Souza ( Igreja na Obra de Restauração em São José do Rio Preto - Petrópolis - RJ), Vítor Amorim Claveland ( Igreja Metodista Wesleyana em Posse - Petrópolis -RJ), Alfredo Cândido Conceição ( Igreja Cristã de Camboatá - São José do Rio Preto - Petrópolis - RJ), José da Silveira Matoso (in memorian) ( Igreja Cristã em Laginha - Petrópolis - RJ), Manoel Gomes Chaves ( Igreja Metodista Wesleyana de Jaguara - São José do Rio Preto - RJ), Francisco Carlos da Rosa ( Igreja Batista Renova de Areal - Três Rios - RJ), Sebastião Francisco e Luís Soares de Souza ( Igreja Revelação de Cristo - Petrópolis - RJ). Incluiu-se a essa cerimônia a consagração Diaconal de : José Francisco de Assumpção e João Teixeira Neto.

              A partir de então a Igreja cresceu tendo como visão três pontos principais:
                   1º Comunhão no Amor de Cristo;
                   2º Ensino da Palavra de Deus;
                   3º Evangelismo e Missões.
             
Ao constituir-se o Ministério em 07 de dezembro de 1985, tomou o nome de PRIMEIRA IGREJA BATISTA NA OBRA DE RENOVAÇÃO ESPIRITUAL EM SÃO JOSÉ DO RIO PRETO, mais conhecida como IGREJA BATISTA RENOVADA. Assim permaneceu até maio de 1993, quando, em Assembléia, no dia 21 de maio de 1993, foi decidido simplificar juridicamente o nome, porque as Igrejas Batistas Renovadas já existiam e são conhecidas quando levam um nome de natureza Bíblica. Dentre várias opções, a Assembléia reunida optou por IGREJA BATISTA JERUEL, do Hebraico: “FUNDADO POR DEUS”.
              Alguns anos mais tarde, o nome da Igreja seria novamente mudado para ter uma conotação de Convenção, e não de Igreja Local.




Em 2011, a Convenção Brasileira das Igrejas Batistas Renovadas (Conbras-IBR), passa a chamar-se Convenção Batista Renovada - CBR, deixando de ser brasileira, para ter abrangência internacional.