Túnica da discórdia

E Jacó habitou na terra das peregrinações de seu pai, na terra de Canaã.
Estas são as gerações de Jacó. Sendo José de dezessete anos, apascentava as ovelhas com seus irmãos; sendo ainda jovem, andava com os filhos de Bila, e com os filhos de Zilpa, mulheres de seu pai; e José trazia más notícias deles a seu pai.
E Israel amava a José mais do que a todos os seus filhos, porque era filho da sua velhice; e fez-lhe uma túnica de várias cores.
   Vendo, pois, seus irmãos que seu pai o amava mais do que a todos eles, odiaram-no, e não podiam falar com ele pacificamente.
   Teve José um sonho, que contou a seus irmãos; por isso o odiaram ainda mais.
Gênesis 37:1-5



   O ódio provoca dissensão, mas o amor cobre todos os pecados. É o que está registrado na palavra de Deus em: Provérbios 10.12; e o que nós vemos na história de José foi que um presente que ganhou de seu pai, provocou ódio e por consequência dissensão. Para José este presente lhe causou alegria deixando com sentimento de ser honrado, porém para seus irmãos trouxe sentimento de tristeza e desprezo.
   Jacó por sua vez já que estava alegre e se sentido honrado, foi mostrar sua túnica de várias cores para seus irmãos, isto só vez aumentar mais o ódio que seus irmãos sentia por Jacó, pois aquela túnica demonstrava a predileção que seu pai sentia por ele, fazendo seus irmãos se sentirem menosprezados  pelo seu pai, causando ciúmes em vosso coração.
   Ficou muito claro para os irmãos de José, que vosso pai, Jacó, amava mais a José do que a eles. Isto é um grande erro que um pai, pode cometer, amar e honrar mais um filho do que o outro. Todo filho precisa receber demonstração de consideração, carinho e afeição. Quando acontece de um pai, ou uma mãe, demonstrar mais atenção para um dos irmãos, só faz crescer o ódio e ressentimento no coração do menos amado.
   José por sua vez, não fez bem o seu papel, ele bem sabia que seus irmãos estavam vivendo uma crise de ciúmes, e mesmo assim ele fez questão de exibir seu presente para seus irmãos, fazendo com se despertasse mais ciúmes e ódio em seus irmãos. Não quero afirmar que a culpa estava toda em José, mas este sentimento poderia ser amenizado, se Jacó estivesse aderido outro tipo de postura, infelizmente ele não soube agir corretamente, talvez isto se dava devido sua ingenuidade.
   Um alerta para os pais através desta história. Vós precisam amar todos os vossos filhos de igual modo, mesmo que vós tenha afinidade maior com um deles, não podem demonstrar favoritismos, parcialidades ou preferências, devem agir sempre com justiça, para que não haja discórdia entre as família atual e também na futura. Observem a vida de Jacó, ele cresceu num lar que tinha os mesmo problemas, Isaque amava mais Esaú, e Rebeca amava mais a Jacó, e isto não foi bom para a família atual, mas também refletiu na família futura de Jacó, portanto é preciso entender que amor e predileção não combinam.