ARTIGOS GOSPEL BRASIL

Talvez há em você o mesmo sentimento que se apossou de Judas após a traição


 Quem de vós gostaria de ter por nome "Judas", isto ocorre porque geralmente este nome está associado a uma pessoa traidora, que vende seus amigos por mesquinharia. Judas vendeu seu amigo, seu Deus, seu Salvador por trinta moedas. Então Judas, aquele que o traíra, vendo que fora condenado, trouxe, arrependido, as trinta moedas de prata aos príncipes dos sacerdotes e aos anciãos,
Dizendo: Pequei, traindo o sangue inocente. Eles, porém, disseram: Que nos importa? Isso é contigo.
E ele, atirando para o templo as moedas de prata, retirou-se e foi-se enforcar. (Mateus 27.3-5). E neste ato inusitado de Judas, ele não demonstra nenhum sinal de arrependimento, mas os sinais de suas atitudes demonstra um grande grau de remorso, que levou ele a tomar tal atitude, pra ele o suicídio era a  única saída, mas nem de longe esta era a única saída.
   Queria muito encontrar Judas antes dele se enforcar, queria conversar com ele, tentar o acalmar e de alguma forma convencê-lo a desistir do que ele estava decidido a fazer. Mas não consigo voltar no tempo, ele já fez o que estava decidido e sofre as consequências até hoje. E não havia ninguém naquele momento que conseguisse compreender sua decisão de trair o mestre, quando Judas tentou concertar seu erro, ele ouviu: Que nos importa? Ainda que muita das vezes não utilizamos literalmente esta palavra: "Que nos importa", ela soa nos ouvidos do necessitado, quando nossas ações fala por nós, e diz bem alto "QUE NOS IMPORTA". Por mais que uma pessoa tenha cometido muitos erros, e maioria das vezes erros grandes, gigantescos, e as vezes julgamos este erro imperdoável, mas mesmo assim esta pessoa que por um momento tenha cometido uma tolice, esta pessoa não deixa de ser  importante. Porque quando nos importamos com uma pessoa abrimos uma oportunidade para que esta pessoa se arrependa de seus pecados e volte para sanidade. Somente o amor pode transformar uma pessoa, e Jesus está aqui para te fazer conhecer o seu amor, e está de na mesma posição de sua morte, de braços abertos, para te dar a vida.
  Mas pode ser que alguém esteja lendo este texto, atormentado  com o mesmo sentimento de Judas, sentimento de culpa por ter traído de alguma forma aquele que por você deu a vida. Talvez você esteja pensando que colocou tudo a perder, que és um fracasso e  aquilo que fez não há mais perdão.
Amigão, acalma-te! Quando Jesus te chamou, Ele já sabia quem você era, sabia quando, onde e como você iria errar. Mas mesmo sabendo de tudo ele te chamou, o seu erro não muda o amor de Deus por você! Entenda,  se você já se arrependeu, não precisa tirar a sua vida. Jesus morreu para que você pudesse viver. O que você precisa fazer é entregar sua vida para Jesus. Somente Jesus pode mudar a situação de sua vida, a morte nunca foi e nunca será a solução, Jesus sim pode fazer uma restauração em sua vida e fazer de você um vencedor, mesmo diante de seus erros, há ainda oportunidade de seguir em frente, portanto erga a cabeça e siga em frente com Jesus.

Talvez há em você o mesmo sentimento que se apossou de Judas após a traição Talvez há em você o mesmo sentimento que se apossou de Judas após a traição Reviewed by Pastor Ivo Costa on janeiro 27, 2018 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.