ARTIGOS GOSPEL BRASIL

Conhecendo Gênesis.

Gênesis é o livro bíblico que descreve em detalhes a criação divina. No primeiro versículo lemos: “No principio, criou Deus os céus e a terra” (Gênesis 1:1). A narrativa do capítulo avança até culminar na criação do homem, no último dia.

Introdução ao livro da criação divina

Conhecer o Livro de Gênesis é fundamental para o entendimento lógico de toda a Bíblia. Esse livro responde as perguntas principais sobre a fé cristã. Ele esclarece a origem do universo, a criação do homem e, claro, o plano de salvação.
Se alguém procura saber quem é Deus, a pessoa pode ter esta resposta de uma forma muito direta nesse livro. O autor de Gênesisabre o livro declarando que Deus é o criador de todas as coisas. É um tipo de cartão de visita.

Tema, data, autoria e local

O tema principal do livro de Gênesis é revelar Deus como o criador de todas as coisas. Consequentemente, ele descreve a origem da humanidade, a Queda do homem e a origem do pecado no mundo. O livro também relata a formação do povo hebreu.
Mas uma mensagem central nesse livro é o anúncio, pela primeira vez, do plano eterno de Deus para a salvação de seu povo. Deus concebeu o plano de salvação desde a eternidade, antes do mundo ser criado. A salvação pela graça não foi um tipo de plano B. O homem não pegou Deus de surpresa. Nosso Deus é soberano, e o livro de Gênesis deixa isso ainda mais claro para todos nós.
Com relação à data, muito provavelmente Gênesis foi escrito por volta de 1450 a 1400 a.C. Geralmente estudiosos que defendem uma data diferente, também fazem parte de uma escola que questiona a autoria do livro por Moisés.
Embora em nenhum lugar do Livro de Gênesis o nome do autor é mencionado, dentro da própria Bíblia existem várias referências que atestam a historicidade de Gênesis e a autoria de Moisés. Na verdade Moisés não escreveu apenas esse livro, mas escreveu o Pentateuco, isto é, os cinco primeiros livros da Bíblia.
Desta forma, Moisés, inspirado por Deus, reuniu tanto registros escritos como orais em sua composição. Além disso, possivelmente ele teve revelações divinas acerca de algumas coisas. Depois ele organizou todo esse conteúdo no livro de Gênesis. Existe também a possibilidade de que o formato atual do livro como o conhecemos, tenha se dado após o tempo de Moisés. Isto não contesta a autoria mosaica, apenas admite que a organização do livro passou por uma edição nos séculos seguintes.
É bem difícil determinar o local em que o Livro de Gênesis foi escrito. Não existe uma opinião conclusiva sobre o assunto. Alguns defendem que o livro tenha sido escrito antes da libertação do povo de Israel do Egito. Se for esse o caso, então isto teria ocorrido durante o período posterior à fuga de Moisés do próprio Egito. Já a interpretação mais aceita é que o livro tenha sido escrito durante o período de peregrinação do povo de Israel no deserto.

Objetivos do Gênesis

Podemos citar dois objetivos gerais do livro de Gênesis. Em primeiro lugar, o livro serviu para fortalecer a fé da geração do Êxodo: O povo de Israel estava passando por um período de mudança radical em suas vida. Os israelitas haviam nascido no Egito, e tudo o que conheciam era o que o Egito lhes oferecia. Embora conhecessem de forma geral a história de seus antepassados, começando por Abraão, algumas perguntas precisavam ser respondidas.
Nós sabemos sobre a dificuldade que o povo de Israel demonstrou ao longo dos tempos em relação à fé. Conhecer de forma mais detalhada a história da criação do universo até o chamado de Deus a Abraão e sua descendência, era importantíssimo para aquele povo. O Livro de Gênesis foi importante para a geração do Êxodo, bem como todo o Pentateuco para as gerações posteriores, até finalmente para os nossos dias.
Em segundo lugar, o Livro de Gênesis tem o objetivo de responder às grandes perguntas da vida. Ele fornece as respostas para as perguntas mais intrigantes que o homem vem fazendo desde a antiguidade. Nós, cristãos, já temos estas respostas. Nós sabemos que Deus é o criador de todas as coisas, incluindo o homem.
O primeiro homem e representante de toda raça humana, pecou contra Deus. Então nele, todos pecaram, foram separados de Deus e destituídos de Sua glória. Mas em Jesus Cristo somos redimidos e justificados gratuitamente por sua graça (Romanos 3:23,24). É lamentável como muitos cristãos parecem ter dúvidas quando o tema é o criacionismo bíblico.

O conteúdo de Gênesis

Existem muitas possibilidades de divisão do conteúdo do Livro de Gênesis. Por exemplo, se o objetivo for estudar as genealogias, o interessante seria dividir o livro em dez seções e uma introdução inicial até o capítulo 2. Porém, isto dependerá do objetivo do estudo. Outra sugestão de divisão do livro pode ser:
  1. Criação: essa seção aborda os dois primeiros capítulos de Gênesis. Ela relata a criação de todas as coisas, e, no capítulo 2, fornece uma ênfase maior na criação do homem e nas primeiras recomendações dadas por Deus. Existe muito conteúdo importante nesses primeiros dois capítulos. Mas o mais importante é destacar que toda a narrativa presente neles deve ser interpretada como literal e histórica.
  2. A Queda e a degradação humana: essa seção vai do capítulo 3 ao 5. Ela relata como o pecado entrou no mundo e as terríveis consequências deste pecado, não apenas para o homem, mas também para toda a criação. Um dado extramente importante é que nessa seção Deus revela pela primeira vez nas Escrituras o plano de redenção (Gênesis 3:15).
  3. O Dilúvio: essa seção mostra a tamanha perversidade humana daquela época. Ela também revela como Deus castigou àquela civilização com o Dilúvio universal.
  4. O recomeço da civilização: do capítulo 9 ao capítulo 11, é descrito o recomeço da civilização pelos descendentes de Noé.
  5. A origem da nação de Israel: na última seção que vai do capítulo 12 até o final do Livro de Gênesis, o autor conta em detalhes a origem do povo de Israel.

Conclusão

Este foi um panorama geral do Livro de Gênesis. Entender esse livro fornece bases sólidas para a compreensão correta de todo restante das Escrituras. O livro começa falando sobre a criação do mundo, e termina com o sepultamento de José. Sob este aspecto, o final do Livro de Gênesis prepara de forma perfeita a introdução para o Livro de Êxodo.

Conhecendo Gênesis. Conhecendo Gênesis. Reviewed by Pastor Ivo Costa on julho 06, 2018 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.