Quem acusa é...


O acusador dos irmãos
Não é fácil ser acusado, principalmente quando o acusador é Satanás.

O texto conhecido de Ap 12:10 antecipa um evento futuro. Falando sobre a derrota de Satanás e a ocasião quando o Senhor Jesus estabelecerá Seu reino aqui no mundo, a Bíblia descreve o inimigo de nossas almas como “o acusador de nossos irmãos... o qual diante de nosso Deus os acusava de dia e de noite”.

Infelizmente, um salvo mantém a capacidade de pecar mesmo depois da conversão. E um pecado na vida de um salvo é uma realidade que Satanás não pode aceitar. Para ele, se um cristão comete qualquer pecado, deve receber a severa punição da condenação eterna. Vendo a fraqueza e, lamentavelmente, algum pecado na vida de um irmão, Satanás imediatamente procura acusá-lo, com a intenção de fazer daquele cristão um condenado novamente.

No entanto, se é verdade que Satanás acusa os salvos perante Deus, também é verdade que o Senhor Jesus defende os salvos perante o Pai: “se alguém pecar, temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o Justo” (I Jo 2:1). Com base em Seu próprio sacrifício, o Senhor Jesus pode garantir a salvação daquele que nEle crê e defendê-lo. Isto não quer dizer que um salvo tem prazer em pecar porque sabe que tem um defensor. Quer dizer que, apesar de continuar tendo a tendência ao pecado, o salvo não se desespera, como se estivesse irremediavelmente perdido.

Enquanto Satanás acusa os salvos perante Deus, o Senhor Jesus defende os salvos perante o Pai. O Pai, sendo visto como Deus, exige que todo pecado receba punição. Mas Deus, sendo visto como Pai, nunca permite que Seus filhos deixem de ser filhos e sejam condenados. O Senhor Jesus é nosso Advogado diante do Pai. Além disso, Ele é justo, e a Sua justiça é a nossa garantia.     

Não importa o quanto Satanás nos acuse. Mesmo que ele faça isso “de dia e de noite”, temos um Advogado justo!    A. Anthero.
Quem acusa é... Quem acusa é... Reviewed by Pastor Ivo Costa on dezembro 07, 2018 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.